Signo de Sagitário

Sagitário

Horóscopo da semana

Confira o Horóscopo da semana para o signo de Sagitário:

Sábado 02/07/2016

Amor: Procure dar um pouco mais de atenção às crianças da sua família. A felicidade na sua casa depende da educação que der aos seus filhos, por isso, preste atenção à formação que lhes dá.

Saúde: Controle o seu nervosismo e se sentirá melhor.

Família: Hoje bons momentos de felicidade dentro do quadro familiar tenderão ocorrer.

Finanças: Esteja preparado para enfrentar obstáculos.


Números da sorte:

53-11-43-34-32-49

Carta do dia:

O Julgamento

Indica a necessidade de se equilibrar o uso da razão e da emoção nas questões capitais ou de relevância mais acentuada.

As versões mais modernas utilizadas como forma de leitura das cartas de tarô sugerem que O Julgamento esteja associado à Ressurreição cristã diante do Juízo Final.

Isso se dá ao fato de que o tarô também associa as cartas a eventos históricos significantes ou de relevância popular. Na leitura da carta do Julgamento comumente percebe-se um anjo, possivelmente Gabriel soprando um grande trompete no qual se acopla uma bandeira ilustrando uma cruz, semelhante à cruz de São Jorge.

Abaixo, vê-se um homem, uma mulher e no centro uma figura humana cuja coloração difere-se dos outros. Estes três sugerem uma feição de admiração ao anjo e estão aparentemente emergindo de túmulos ou criptas. Há por trás um cenário de grandes montanhas que por ora também podem sugerir grandes ondas as quais dão referência ao oceano que entrega os mortos no dia do julgamento.

Domingo 03/07/2016

Amor: Hoje não é o melhor dia para abordar a pessoa amada a respeito da discussão que tiveram.

Saúde: Neste campo nada o preocupará.

Família: Continue procurando a família e evite se abrir com pessoas que não sejam da família.

Finanças: Provável promoção na carreira e aumento de salário.


Números da sorte:

49-3-27-33-48-53

Carta do dia:

A Lua

A Lua parece atrair (ao contrário do Sol) dezenove manchas de cor, em forma de lágrimas. Essa direção das gotas variam com as diferentes desenhos, mesmo entre as versões clássicas.

Embaixo da Lua há dois cães e, mais atrás, duas torres. Alguns autores reconhecem um dos animais como cão e, o outro, como lobo. Em primeiro plano, um lagostim (a maioria das descrições fala em "caranguejo") encontra-se num tanque que, com suas bordas retas, parece construído; os dois cães têm a língua para fora, dando a entender que querem lamber as gotas. Do chão brotam várias plantas (ou apenas três, em algumas versões).

As duas torres parecem delimitar e proteger o espaço no qual se encontram os animais e o tanque. A Lua está ao mesmo tempo cheia e crescente; dentro desta última figuração vê-se o perfil humano. Os raios são de dois tamanhos. As dezenove lágrimas estão dispostas em forma de colar, numa fileira dupla e com a ponta para baixo.

Segunda-feira 04/07/2016

Amor: Aceite as opiniões da pessoa com quem partilha a sua vida. O Futuro reserva-lhe momentos muito agradáveis!

Saúde: Cumpra o horário das refeições. Evite estar muitas horas sem comer.

Família: Participar mais das atividades familiares possivelmente te deixará mais feliz.

Finanças: Hoje existirá as possibilidades de perdas a nível financeiro.


Números da sorte:

17-18-11-57-40-41

Carta do dia:

A Torre

A Torre (XVI) (nome moderno, mais comum) é um dos Arcanos Maiores do Tarot de Marselha.
Também conhecido com A Casa de Deus, tem vários nomes, símbolos e significados.
O nome e o layout na sua forma actual, é uma referência à história bíblica da Torre de Babel, em que Deus destrói uma torre construída pelo homem para chegar a Deus

Ela significa que as coisas que não se encaixam serão separadas definitivamente por Deus (ou pelo Destino) na vida do consulente.

A mudança através da força da natureza é uma oportunidade de um novo começo material sem rompimento propriamente com o espiritual, o consulente com isso tem forças para se erguer, pois o que não o destrói o fortalece.

Terça-feira 05/07/2016

Amor: Ative ao máximo o seu romantismo, deixe-se conduzir pela intuição.

Saúde: Transbordará de energia física e espiritual.

Família: Hoje projetos familiares se realizarão aproveite o dia com seus filhos e lhes mime um pouco.

Finanças: Não gaste mais do que pode, seja racional com as suas economias.


Números da sorte:

28-40-15-56-20-26

Carta do dia:

O Carro

Avanço, progresso, início de algo novo.

Resumidamente, a carta simboliza a vitória, direção, controlo, esforço, confiança, o caminho.

Com o carro há progresso, há projetos em andamento. Simboliza a ação, que se toma a seguir a uma decisão. Aquilo que foi resolvido está a ser executado, é a realização de projetos.

O simbolismo dos cavalos é evidente: o cavalo branco significa "o Bem", o cavalo negro significa "o Mal". Isto quer dizer que a pessoa que está a dirigir a carruagem deve ter força e liderança suficientes para evitar que um anule o outro. Deve ter controlo firme para manter o equilíbrio.

Quarta-feira 06/07/2016

Amor: Partilhe com seu parceiro todos os seus pensamentos e peça-lhe alguns concelhos.

Saúde: Para equilibrar o seu organismo é importante que elimine velhos vícios.

Família: A fertilidade de alguém de sua família poderá trazer a notícia de um novo membro para a família.

Finanças: Poderá ter necessidade de utilizar as suas poupanças.


Números da sorte:

37-10-22-8-28-23

Carta do dia:

A Lua

A Lua parece atrair (ao contrário do Sol) dezenove manchas de cor, em forma de lágrimas. Essa direção das gotas variam com as diferentes desenhos, mesmo entre as versões clássicas.

Embaixo da Lua há dois cães e, mais atrás, duas torres. Alguns autores reconhecem um dos animais como cão e, o outro, como lobo. Em primeiro plano, um lagostim (a maioria das descrições fala em "caranguejo") encontra-se num tanque que, com suas bordas retas, parece construído; os dois cães têm a língua para fora, dando a entender que querem lamber as gotas. Do chão brotam várias plantas (ou apenas três, em algumas versões).

As duas torres parecem delimitar e proteger o espaço no qual se encontram os animais e o tanque. A Lua está ao mesmo tempo cheia e crescente; dentro desta última figuração vê-se o perfil humano. Os raios são de dois tamanhos. As dezenove lágrimas estão dispostas em forma de colar, numa fileira dupla e com a ponta para baixo.